Cerveja «não é culpada» pela «barriguinha»

Aqui está uma cópia de um artigo que saiu hoje no site da IOL. Cá vai...

"
Será o fim de um mito? Uma das conclusões do Simpósio Cerveja e Peso Corporal: Mitos e Realidades, que teve lugar este sábado na Faculdade de Medicina de Lisboa, é que «não existem evidências científicas que provem que a cerveja é responsável pela famosa barriguinha, antes pelo contrário, esta bebida tem um efeito protector sobre o peso corporal, obesidade abdominal e síndrome metabólica».

Segundo um especialista dinamarquês em nutrição «a prevalência da síndrome metabólica é ligeiramente inferior entre os que bebem cerveja e vinho, em comparação com os que não bebem». Arne Astrup, que também é presidente da Associação Internacional para o Estudo da Obesidade, focou a sua intervenção na obesidade abdominal, o factor que mais contribui para a síndrome metabólica. Explicou, igualmente, que nos consumidores regulares de álcool, o risco de desenvolverem síndrome metabólica vai reduzindo com o aumento do consumo de álcool, com um efeito semelhante nos homens e nas mulheres. Precisamente o contrário do mito instalado de que a cerveja é responsável pela obesidade abdominal.

De acordo com os diferentes estudos apresentados por Arne Astrup, é o não consumo de álcool que aumenta, efectivamente, o risco de se desenvolver a síndrome metabólica. Curiosamente, ficou a saber-se que as bebidas alcoólicas têm um efeito benéfico no colesterol bom, nos triglicéridos, e nenhum efeito na pressão arterial, nem na glicose. Aqueles que consomem mais bebidas têm uma circunferência da cintura mais reduzida do que aqueles que não bebem nada ou que consomem uma ou menos do que uma bebida por mês.

Outro factor surpreendente é que há provas concretas de que a cerveja não conduz a um aumento da obesidade abdominal ou à síndrome abdominal. Num estudo experimental feito pela sua equipa, onde compara o consumo de refrigerantes, vinho e cerveja, constata-se que o consumo de cerveja leva à ingestão de menos calorias, uma vez que possui menos calorias do que o vinho e os refrigerantes."

7 Costelinhas:

Zientist disse...

Por acaso já tinha visto este artigo, mas estava com a certeza que alguem ia aqui postar esta informação importantissima. Biba à surbia:)

Tiago disse...

Então?
Eu sou a prova viva disso mesmo...

Raquel disse...

Nicky, em boa hora partilhaste o artigo! Esta semana tenho consulta de endocrinologia, por isso, vamos lá ver se a médica me receita umas bjecas para baixar o colesterol :D

Super Bock, é o meu super-herói preferido!!!

Ze Rodrigo disse...

mas que boa noticia logo pela manha... agora por outro lado...o que é que começo a dar como desculpa agora... ja sei... o leite... ou as bolachas de água e sal... ah e tal tenha esta barriga que pareço um leitao porque como muitas bolachas de água e sal...
humm... n sei nao!
abreijos!

Nicky disse...

Pode ser do leite. O Leite fermenta no intestino e juntamente com as bolachas de água e sal forma um bola de gázxx imenso, que é libertado de quando em vez.

Vitor disse...

Muito bem....Tambèm jà tinha visto um artigo que dizia basicamente o mesmo.Eu nao sou particular fan mas fico contente por quem bebe.Eu continuo com os meus panachès muito manhosos,ehehehe!
Mas isto leva a uma dùvida....
Afinal o que provoca obesidade?
Tudo è saudàvel, falta um artigo que comprove que comer 3x por semana no Mcdonald's, tambèm è saudàvel.

Mizé disse...

PoSsO EntÃo ConClUiR Que pAra ApErFeIçOAr Ou Até QuIçÁ ToRnAr MeSmo boUa A MinhA zOnA AbDomInAl ConVinHa ComEçAr EntãO A CoNsUmIr AlCoÓl CeRtO?!Ao Fim De Um CertO TempO EssA MeRdA NãO mE iRÁ FiCaR Ao MesMO PreÇo De UmA AbDomInoPlAStiA?!?!HmMmMm....